sábado, 14 de junho de 2014

A influência da Copa do Mundo de futebol nas escolas

Olá Pessoas, dando sequencia ao que foi iniciado por Diego e Cris, estamos trazendo algumas reflexões dos alunos da Disciplina Educação Física Esporte e Mídia do DEF/UFS.
Este texto foi produzido por Brenda karoline dos Santos e Viviane M. M. Barreto...fiquem a vontade para as críticas, pitacos e comentários...
abração
Sérgio Dorenski




A influência da Copa do Mundo de futebol nas escolas
 Brenda karoline dos Santo
 Viviane M. M. Barreto

Levando em consideração o evento da Copa do Mundo de Futebol que será realizado no Brasil neste ano, 2014, refletimos sobre a influência que a mesma causa nas escolas e nas aulas de Educação Física e sobre o efeito da forma como a mídia informa sobre tal fato. Ao se aproximar da data do evento, notamos as escolas sendo arrumadas com as cores da seleção e o futebol sendo o principal assunto discutido entre os alunos e professores. Essa exaltação ao futebol é o reflexo de como a mídia transmite as informações sobre o esporte mais popular do país.
Levando em consideração também os problemas em que a realização da Copa do Mundo de Futebol acabou trazendo para o Brasil como, por exemplo, toda a corrupção e a isenção de imposto para a FIFA (realizadora do evento), o que fez com que a copa deste ano fosse a que mais garantisse lucro para a FIFA (cerca de 15 bilhões, segundo o site www.esportemaior.com.br) e a que mais custou para os cofres públicos do país sede, uma porcentagem significativa da população se mostra contra a sua realização, com o lema “Não vai ter copa”. Porém apesar de todos esses problemas, notamos que a maioria das pessoas e principalmente as crianças estão vivendo um momento de encanto ao ver um sonho se realizando por ter uma Copa do Mundo no seu país. Este fato mostra como a mídia, apesar de informar sobre o problema das manifestações, se faz presente firmemente ao tentar animar e cativar a população lembrando-a da sua grande paixão pelo esporte. Porém, todo esse trabalho está ligado a fazer os telespectadores a darem audiência nos dias dos jogos e assim, por meio de reportagens e propagandas, a Copa do Mundo de Futebol no Brasil está sendo mostrada como um evento de pura felicidade, amor ao país e à seleção e paixão pelo futebol.
A valorização do patrimônio cultural é um tema passado na maioria das escolas e, com o futebol sendo um dos nossos patrimônios não podia ser diferente. Atualmente, as crianças estão sendo colocadas a praticarem educação física desde muito cedo e um dos papeis desta disciplina (ou atividade) é justamente educar o pequeno cidadão a preservar sua cultura e ainda aproveitar o momento de lazer proposto com os jogos.
É necessário que as escolas, aproveitando o evento e as discussões sobre o futebol, organizem formas de fazer as crianças e adolescentes entenderem o verdadeiro sentido do esporte na vida da população em geral. Com o diálogo entre professores e alunos, apresentando os valores do esporte como o respeito pelo colega, a ética, a resolução de problemas por meio de conversas e a extinção do preconceito devem ser passados e entendidos para que os cidadãos e atletas do futuro tenham valores “do bem” definidos para o esporte e para a vida.

13 comentários:

André 40 disse...

Ótima postagem de vocês.

Acredito que desvendar o máximo de informações referentes à Copa e outros eventos esportivos seja de grande importância na tentativa de ampliar o nosso capital cultural esportivo.

Não quero com esse discurso ser "contra" o esporte, até porque adoro este fenômeno, mas ao menos não sentir que sou enganado pela forma como os meios de comunicação nos mostram (em sua aparência) em relação aos jogos de interesse, as disputas pelo poder nesta instituição, os valores gastos para a realização do evento, etc.
Uma boa discussão para refletir o que podemos fazer não é?

Abraço!

A40

Cristiano Mezzaroba disse...

Meninas, Sérgio!
ontem havia feito um comentário, grande por sinal, aqui... mas não sei porquê, não foi publicado nem aonde foi parar.

Mas havia parabenizado pelo texto e relativizado a questão da corrupção, lembrando que não temos corrupção porque a Copa veio pra cá, já é algo do Brasil, portanto, a corrupção só foi maior pelo próprio contexto. Entretanto, lembro que é uma oportunidade de, enquanto nação, vermos todas essas questões emergirem e mobilizando a sociedade brasileira para o debate, tanto esportivo, como para além-esporte: político, educacional, econômico, ético, cultural, estrutural etc.

Como Quaranta bem colocou, está aí uma boa oportunidade para o debate seguir...

E não esqueçamos que em 2016 temos se não me engano 23 "copas do mundo" só no RJ, nas Olimpíadas...

parabéns pelo texto e ao Sérgio por estar trazendo para além da sala de aula essa discussão!

Anônimo disse...

Parabéns pelo texto meninas , está muito bom ! Ótima reflexão. Lais Regina.

Ana Luíza disse...

o texto é uma ótima reflexão mesmo, mostrando a influência da mídia em relação a copa no Brasil e para encobrir os pontos negativos,está sempre nos informando da oportunidade em se ter a copa em nosso país, e isso faz muitos "esquecerem" os inúmeros pontos negativos.
Parabéns meninas.

Ana Luíza

Valeria Chaves disse...

Ótimo texto! Parabéns, garotas!

Seria interessante que as escolas, além de organizar formas de fazer as crianças e adolescentes entenderem o verdadeiro sentido do esporte na vida da população, buscassem também oportunizar aos alunos o conhecimento de novas culturas, informações sobre outros países, o espírito coletivo e competitivo que envolve o futebol, e acima de tudo, mostrar a interação entre nação e povos. Mesmo não sendo aspectos muito abordados pela mídia, como a paixão pelo esporte, é algo de fundamental importância para agregar cultura ao conhecimento das crianças.

Valéria

Giovani Pires disse...

Brenda, Viviane,

Parabéns pelo texto/reflexão produzida sobre a Copa, o esporte e a mídia.

E ao camarada Dorenski também, por manter a tradição e trazer a voz dos alunos para cá!

Abraço. Giovani

Brenda Oliveira disse...

Parabéns meninas pela postagem...

Gostei da amarração dos temas, essa junção da mídia como sedutora dos telespectadores, a paixão nacional (futebol) e a intenção de despertar o olhar da população e principalmente dos professores para com a educação, fomentando uma discussão a respeito dos valores e das necessidades que devem ser despertadas.

Brenda Oliveira

akellyson oliveira disse...

Akellyson Oliveira
parabéns pelo texto, um texto com as ideias muito organizadas e bem claro e que traz um tema bom de se debater.
trago uma opinião para complementar. sei que a Educação Física é um disciplina que trata diretamente de copa do mundo dentro do ambiente escolar, mas acho que as outras disciplinas deveriam tratar do tema também, como por exemplo, a geografia a historia, sociologia,pois acho que as outras disciplinas trazem informações para deixar o tema mais fundamentado, como por exemplo a geografia tratar da economia dos países e suas características ou a historia trazer uma contextualização dos países que fazem parte da copa ou mostrar manifestações que já aconteceram antes por outros motivos e fazer uma relação com a atualidade, a sociologia trazer reflexões sociais, pois assim acho que o debate ficaria completo é muito mais fundamentado não sobrecarregando uma só disciplina escolar

Gardenia Oliveira disse...

Primeiramente Parabéns meninas pelo belo texto, e pela forma simples de entendimento passado pelo mesmo!

O texto interessantemente retoma uma das perspectivas que ocorre desde os primórdios, onde a mídia tem um poder de "manipulação" sobre a população, mostrando coisas que a grande massa da população gosta, e se tratando do Brasil o peso é ainda maior, ja que somos designados como o país do futebol.

Brenda Karoline Santos disse...

Muito obrigada a todos pelos elogios e críticas! Está sendo muito proveitoso e significativo discutir esse tema tanto em sala de aula como aqui no blog! Agradeço mais uma vez pelos comentários! Brenda Karoline

Sergio Dorenski disse...

Valeu Brenda...agradeço também as contribuições de todos e todas. Acredito que o importante é fazer parte deste processo crítico, dialogar com a mídia, dialogar com os autores, produzir conhecimento na mídia entre outros...o que vai amadurecendo e mudando nosso olhar para a mídia...Parabéns!!!

kenani melo disse...

Parabéns meninas pelo excelente texto, e de fácil entendimento

O texto mostra bem como a influência da mídia é forte nos esportes, manipulando-os para que satisfaça tanto a população quanto os governantes.
Kenani Melo

Anônimo disse...

Gostaria de agradecer, primeiramente ao professor Sérgio Dorenski, por essa oportunidade de aprender e colocar no nosso dia-a-dia temas que fogem um pouco do nosso curso mas mostrando que existem sim diversas relações. Fizemos esse texto pensando em tudo que o Brasil estava vivendo e viveu por todos esses anos. Agradeço também a todos os colegas pelas críticas. Grande abraço, Viviane Barreto