quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Orlando Silva no Roda Viva - O ministro do esporte e a defesa dos Mega-eventos no Brasil


Caros colegas,

essa segunda-feira, dia 28 de Setembro, o ministro do esporte, Orlando Silva, esteve novamente no programa Roda Vida, da TV Cultura. Questionado intensamente sobre o legado dos jogos Pan-americanos do Rio 2007 e sobre a capacidade da cidade e do país para a realização de novos Mega-eventos como a Copa do Mundo de 2014 e a possível Olimpíada de 2016, Orlando Silva, afirmou, a partir de argumentos economicos, que o Pan do Rio foi um sucesso e que a cidade e o país estão preparados para receber novos eventos. Entre as diversas declaração do ministro, como, por exemplo sua vinculação ideológica ao socialismo, Orlando Silva fez questão de deixar claro que não se sentia a vontade para analisar algumas das crises políticas atuais e evidenciou que o país aprendeu com os "problemas" do Pan para a organização dos próximos eventos. O ministro destacou que os eventos trarão empregos fixos para a população local, benefícios para rede hoteleira e demais segmentos do Turismo, além das melhorias de infra-estrutura para as cidades que abrigarão os eventos. Orlando Silva alegou também que o investimento em grandes eventos esportivos não impacta sobre as demais prioridades do país, uma vez que há bem definido na agenda do governo os pisos orçamentarios para cada setor nos próximos anos.

O nosso ministro parece mesmo ter memória curta com relação aos ocorridos no Pan!

Os anuncios seguem....e nós, seguimos observando!

Para quem quiser mais informações segue o link da entrevista: http://www2.tvcultura.com.br/rodaviva/resultado.asp?programa=1190

Um abraço

2 comentários:

Giovani disse...

Valeu, Diegão, eu vi o programa (quase todo).
O Ministro parece falar de um mundo esportivo que não conheço. Sustentou algumas coisas dificeis de demonstrar, como os famosos legados do Pan.
O que ficou nítido é que os (muitos) anos de militancia estudantil deram a ele muita experiencia de debate(ele escolhia o que responder, ignorava perguntas mais duras); além disso, ele é candidatíssimo à Camara dos Deputados e a "bancada da bola" mais federações esportivas vão elege-lo com grande votação.

Cristiano Mezzaroba disse...

É... eu também vi parte do programa, nas zapeadas pela tevê! Não conheço o passado político dele mas sei da militância estudantil, que, como o Giovani bem disse, hj possibilita a ele ser muito "liso", como se diz lá no RS, e se sair das perguntas com uma retórica exemplar. Mesmo pressionado pelos jornalistas, fornecia aquelas respostas que não estavam nas perguntas. É, nessas horas a gente vê que cada um fala a partir da realidade que vive... e ele deve desconhecer, propositalmente, muita coisa. Vamos aguardar até sexta-feira pra ver o resultado da candidatura, e a partir daí, ver como fica todo cenário olímpico e esportivo brasileiro.