terça-feira, 1 de março de 2011

Copa do Mundo 2014: verba pública, pra variar!!!

Vocês lembram quando o Ricardo Teixeira, presidente da CBF, afirmou que a Copa do Brasil seria a Copa da iniciativa privada, que não ia haver dinheiro público, e outras bobagens mais?
Pois é, pra quem acreditou nisso, olhe só o que o Cruz (blog do Cruz, link abaixo à direita) apresenta, com dados oficiais:

"A Copa do Mundo da iniciativa privada ruiu. Um estudo do TCU (Tribunal de Contas da União) mostra que sairão dos cofres públicos 98,56% dos R$ 23 bilhões orçados para as obras de 2014.

Isso menos de dois anos após o presidente do COL (Comitê Organizador Local), Ricardo Teixeira, declarar que a maioria dos gastos do próximo Mundial seria bancada com dinheiro privado.
A maior parte das verbas virá dos bancos governamentais (Caixa Econômica Federal e BNDES) e da Infraero, estatal que administra os aeroportos do país. Juntas, as três empresas públicas investirão cerca de R$ 16,5 bilhões até a abertura da Copa."

(http://blogdocruz.blog.uol.com.br/arch2011-02-01_2011-02-28.html)

3 comentários:

Diego S. Mendes disse...

Pois é, Gio, já tinha visto a notícia. E teve (muita)gente que acreditou que o episódio do PAN seria superado, que dessa vez a coisa seria diferente. Eis os fatos!

Giovani disse...

Se a Copa da iniciativa privada já vai ser assim, imagina os Jogos Olímpicos e Para-olímpicos...
Só na tal Autoridade Pública Olímpica já vai sair um cabidão de empregos (as "boquinhas") para os as-po-nes de sempre.

Sergio Dorenski disse...

Ai Gio, nós do Observatório já havíamos previsto isto. Não foi à toa que os "Mega Eventos" vieram para esses paraíso fiscal. Na Europa ou em outro lugar mais sério a divisão do bolo seria maior...aqui permanece os monopólios, oligopólios, o clientelismo, o coronelismo (o Tal R. Teixeira ganha de longe para os do nordeste), a safadeza...continuemos observando