terça-feira, 22 de novembro de 2011

O PODER DA GLOBO: dessa vez no UFC

Abaixo nova postagem de um dos mais novos membros do LaboMídia/UFSJ,  o estudantes Galdino, que nos alerta sobre o novo produto do telespetáculo esportivo brasileiro o UFC...

O PODER DA GLOBO: dessa vez no UFC


Há alguns dias atrás, 12/11, sábado, a Globo televisionou uma luta do UFC entre o americano Cain Velasquez e o brasileiro Junior “Cigano”. Fiquei surpreso, pois corriqueiramente UFC era transmitido pela Redetv.
O interesse pelo UFC começou a ser despertado na Globo a partir da luta entre Anderson Silva e Vitor Belfort. A luta ganhou destaque entre os admiradores e críticos do esporte. Depois disso a Redetv transmitiu o “UFC RIO” que foi um sucesso e conseguiu bater a Globo no índice de audiência.
A Globo que há um ano atrás tinha sido procurada por um representante do UFC e não demonstrado interesse, dessa vez foi quem procurou um dos proprietários da empresa que comanda o UFC .
E como já era de se esperar a Globo anunciou que televisionaria o UFC no dia 13 de novembro. A estratégia para atrair o publico foi a mais manjada possível. A Globo antes da luta contou toda história de vida do lutador “Cigano”, destacou todo sofrimento da sua infância e como foi difícil sua caminhada nas artes marciais, ajudando assim na afirmação do ídolo. E para manter o publico interessado e por dentro do assunto, um dos convidados do programa que antecedeu a luta, “Altas horas” comandado por Serginho Groisman, foi “ José Aldo, atual campeão do UFC na categoria peso pena.
A Globo transmitirá cinco eventos do UFC no próximo ano.
Não poderia deixar de lembrar que as lutas terão locução do Galvão Bueno, principal locutor da emissora. Na internet surgiram algumas brincadeiras sobre o que esperar da locução do Galvão:
“Haaaaja baço!”.
Após algum golpe na linha de cintura.
“Sai que é sua Minotauro!!!”.
Entre os assaltos quando a equipe do Cigano entrar no ringue.
“RRRRRRRRRHHHHHERB DEAN!!!!”.
Empolgado com a interrupção do árbitro.
“Vai Cigano! Mostra a ginga do povo brasileiro e faz teu nome na terra do tio Sam!!!!”.
Falando bosta durante o aquecimento dos atletas.
“JUNIOR, JUNIOR, JUNIOR, JUNIOR, JUNIOR CIGANO DO BRASIIIIILLL!!!!”.
Comemorando a vitória do brasileiro.

“Errrrgue os braços o juiz Mario Yamazaki”.
Fim da luta.

No twiter o #calabocagalvaoufc e #calabocagalvaonoufc já começaram a aparecer.
Mas quando se trata de falação esportiva a tecla “mute” é sempre a melhor opção!


Galdino Rodrigues - Acadêmico 2º período de Educação Física da UFSJ 
                                Membro do LaboMidia/UFSJ....LaboMinas

5 comentários:

Jojo disse...

Pois é..até Junior Cigano ficou surpreso pela escalação do mesmo para narração da luta..No site da Globo não foram habilitados comentários na reportagem que informava ser o Galvão o comentarista do UFC, pois o mesmo já é um motivo de chacota entre os internautas.

Tamyres Sandim disse...

O espetáculo que antecedeu a luta foi imenso, brasileiros que antes não sabiam o que era UFC passaram a conhecer a luta, telespectadores esperavam Galvão Bueno abrir a boca para logo dar uma alfinetada. Passou um minuto e quatro segundos de luta e todo esse alvoroço passou.
É realmente interessante observar como a mídia se fez presente nesse contexto, e como uma emissora de Tv é capaz de fazer o telespectador se envolver com o poder que ela exerce na vida das pessoas.

Galdino R. Sousa disse...

Concordo com vocês. E a Globo conseguiu o que queria, atingiu picos de 18 pontos de audiência durante a trasmissão do UFC , dobrando a audiência em relação ao UFC RIO,exibido pela RedeTV.
De acordo com Guareschi a queda de 1% em programas da televisão americana significa uma perda em publicidade de 80 a 100 milhões de dólares por ano, esses valores não variam muito para o caso brasileiro. E não é nenhum segredo que o funcionamento de uma empresa de mídia depende principalmente da publicidade. Acredito que isso explique a busca desenfreada das emissoras por audiência.

http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2011/11/13/globo-dobra-audiencia-em-relacao-aos-numeros-do-ufc-rio-na-rede-tv/

Diego S. Mendes disse...

Grande Galdino, muito legal os dados que você tras para esta postagem, isto nos ajuda a compreender um pouco melhor o $porte da Mídia!

Jojo disse...

Pra quem não chegou a ver esse video, ele traduz sarcasticamente o poder da midia..Achei muito interessante.
http://www.youtube.com/watch?v=Sv55JusfEC8