domingo, 4 de outubro de 2009

Estamos de luto: morreu La Negra!

Num blog dedicado a análise da mídia esportiva (e a manifestos jacalabomidianos-libertários), peço licença para dizer que a maior cantora contemporanea de lingua espanhola nos deixou hoje. Morreu Mercedes Sosa, La Negra, a cantora da liberdade e dos direitos humanos.
Gracias a la vida, Me gustan los estudiantes, La carta, Alfonsina y el mar são algumas das pérolas da música latino-americana cantadas e encantadas pela voz dela.
Estamos de luto, mas é um luto bom, por termos tido a oportunidade de viver o seu tempo.
Viva La Negra, pra sempre Mercedes Sosa!

2 comentários:

Angelica disse...

Hum, estreiando o blog.. eu não tive a oportunidade de viver esse tempo.. infelizmente. Bjo

Giovani disse...

Ah, Angélica, mas há muitos CD´s e alguns DVD´s para que possas ver e ouvir La Negra.
Ela era muito generosa e acolhedora, gostava sempre de dividir o palco com artistas consagrados ou não. Há duetos maravilhosos dela com brasileiros como Milton Nascimento, Chico Buarque, Fagner, Kleiton e Kledir, Raul Elwanger, Luiz Carlos Borges, entre outros.
Vale a pena investir na formação cultural que a produção de Mercedes Sosa nos proporciona.