quarta-feira, 10 de março de 2010

Qual jogador não bebe?

Médico do Flamengo diz que consumo de bebida alcoólica não interfere no desempenho esportivo do Imperador. Responsável pelo departamento médico do Flamengo e da seleção brasileira, José Luiz Runco discorre com conhecimento de causa sobre os problemas envolvendo Adriano. E na manhã desta quarta-feira, ele minimizou o consumo de bebida alcoólica por parte do Imperador.

- "Qual jogador não bebe? Você conhece algum? Se as pessoas forem se preocupar com isso é melhor acabar com o futebol brasileiro, mundial..." - disse.

Segundo o médico, não há qualquer recomendação para o atleta diminuir o consumo de bebida alcoólica. No entanto, de acordo com o que disse o vice de futebol Marcos Braz na semana passada, este é o principal problema extracampo do Imperador

Após 12 dias longe do clube, o camisa 10 retornou aos treinos na última terça-feira. Trabalhou por 1h30m entre academia e campo.

- (O álcool)" não interfere em nada. Ele está trabalhando forte. E na pré-temporada, mesmo sem poder calçar chuteiras, treinou tanto quanto os outros" - afirmou Runco.

O médico ainda confirmou que Adriano ficou fora da partida desta quarta-feira contra o Caracas por questão psicológica. - Ele não tinha como viajar porque não estava se sentindo feliz. Se fosse por questão física, entraria normalmente. Mas agora parece que resolveu o problema e está preparado para jogar domingo (contra o Vasco) – disse Runco, referindo-se às pazes do jogador com a noiva Joana Machado.

reportagem extraída do site: http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Flamengo/0,,MUL1523301-9865,00-JOSE+LUIZ+RUNCO+DEFENDE+ADRIANO+QUAL+JOGADOR+NAO+BEBE.html

6 comentários:

Anônimo disse...

Mais será que essa tal questão pscicológica não seria por conta dessa confunzão extra campo...ou melhor essa confusão alcoolica do camisa 10!!

Pricilla Amantes,RJ.

Diego S. Mendes disse...

Olá Tamires, que bom ver que os novos membros do grupo estão se aventurando por aqui.

Gostei da sua postagem, só faria uma ressalva: como ela foi extraida na íntegra de outro site, é legal indicar isso aos nossos leitores logo no início da postagem. Fica a dica. Acho que podemos debater essa reportagem aqui sim.

Obrigado pela contribuição. E continue nos ajudando.

E ai galera, o que podemos analisar dessa reportagem? Me parece que a globo tem forçado a barra na defesa de Adriano. Essas frases do tipo...."quem nunca fez isso???" já está virando febre no flamengo. Primeiro a infeliz declaração do goleiro Bruno, agora o presidente do Flamengo!!!

Giovani disse...

Ola,

Então não combinaram com o Ricardo Teixeira!
O presidente da CBF, sempre tão cordial com os interesses da Globo e do Flamengo, saiu hoje relativizando as declarações do médico Runco, por coincidência (?) também médico da seleção.
O presidente avisa que em tempos de preparação para uma copa do mundo, os cuidados tem que ser especiais, e isso inclui todos os interessados em disputa-la! Terminou ainda avisando: os tempos de folia e de jogador chegando na concentração as 4h da manha, numa alusão a copa de 2006, acabaram.
Pois é, penso que nem deveria ter acontecido, mas aí já seria exigir demais do sr. Teixeira.

Silvan Menezes disse...

Deixando de lado minha opção futebolística (Dá-lhe Mengão). Sem dúvida que todos os envolvidos nessa história toda estão sendo péssimos exemplos para os acompanhantes da mídia e do futebol brasileiro. Mas, paremos para pensar sobre o mundo futebolístico e midiático do Brasil nos últimos tempos e como é tratada a ida de jogadores("crianças") para o Velho Mundo ganhar "rios" de dinheiro sem ter uma formação educacional completa - pois sempre têm que largar cedo para poder se dedicar ao esporte. O Adriano, Ronaldinho Gaúcho, Robinho, etc ... são exemplos recentes do problema, ainda existem o que estão para partir como o Philipe Coutinho (Vasco da Gama) 17 anos já vendido para a Internazionale (Italia) e Welinton Silva (Fluminense) 17 anos já vendido para o Arsenal (Inglaterra). Qual a preparação psicológica, social, educacional, que esses sujeitos têm para enfrentar um Mundo sozinhos.

Não sou advogado do Adriano, nem de nenhuma dessas estrelas, mas todo o contexto deve ser repensado e colocado em pauta também.

O Imperador com todos os problemas e polêmicas, além de "acima do peso ideal" ajuda o Fla a conquistar títulos e ainda é artilheiro.

Abraço e parabéns Tamires.

To parecendo membro antigo do grupo, cheio de moral. Rs...

Carol Garcia disse...

É Silvan a sua colocação é bem vinda, mas acho que não justifica a falta de compromisso e responsabilidade com seus objetivos, ou seja, como disse Dr. Teixeira citado por Gio esses tempos devem acabar e eu ressalvo a idéia de que nem deveriam existir!

Anônimo disse...

Olá Pessoas,
legal a discussão. Bem, no esporte - institucionalizado - há sempre projetado para nós que os atletas são heróis e como tais longe das fraquezas humanas - no entanto, os vejo mais doentes e cheios de problemas do que qualquer outro. São índices a cumprir, manter-se sempre nos primeiros lugares o uso do dopping e outras coisas. Acho que um boa pedida com a pipoca, seria ver o filme que está indicado no blog "um domingo qualquer" e voltaremos a conversar.
Sérgio Dorenski "o anônimo pré-histórico"